ToriFlex

ToriFlex são lentes de RGP torica com dois designs diferentes. Um Bi-Toric e uma variação tortical frontal-prismática dependendo da topografia da córnea e da prescrição. Isto garante um procedimento fácil e rápido.

Descrição

Geometria

ToriFlex BT

ToriFlex Bitorico
  • Bitorica
  • 1 aplanamento asférico
  • ΔrCfl-rCst: diferença de K´s ≥ 4/10 mm

ToriFlex TP

ToriFlex Front toric
  • Prismático toric frontal
  • 1 aplanamento asférico
  • ΔrCfl-rCst: diferença de K´s < 4/10 mm

Dados Técnicos

Parameterfromtosteps
Total diameter8.00 mm10.00mm0.01 mm
Base curve6.00 mm9.00 mm0.01 mm
Sphere-30.00 dpt+20.00 dpt0.01 dpt
Cylinder BT ΔrOfl-rOst0.00 dpt-8.00 dpt-0.25 dpt
Cylinder TP -0.25 dpt-8.00 dpt-0.25 ddpt
Axe180°
FlatteningStandard (std)flat (+)step (-)
Prism1.50 (Std)2.00

Informação adicional

Application

Indication

Correction type

, ,

Lens Type

Projetado por

SwissLens

Conselhos adequados para a ToriFlex

A potência dos óculos deve ser convertida em potência da lente de contacto (VD =0)

Diâmetro total: padrão 9,50 mm

Geometria Bitórica (BT):

  • Se o astigmatismo com a regra (WTR) plana K @ 0° ± 30°
    • r0fl = rcfl – 0,05 / r0st = rcst + 0,05
    • F’afl = Sph − 0,25 dpt
    • F’ast = Sph + (-Cyl) + 0,25 dpt
  • Se o astigmatismo contra a regra (ATR) plana K @ 90° ± 30°
    • r0fl = rcfl + 0,05 / r0st = rcst – 0,05
    • F’afl = Sph+ 0,25 dpt
    • F’ast = Sph + (-Cyl) – 0,25 dpt
  • Se o astigmatismo oblíquo plana K @ 135° ± 15°/ 45° ± 15°
    • r0fl = rcfl / r0st = rcst
    • F’afl = Sph
    • F’ast = Sph + (-Cyl)
  • Prismático frontal (TP):
    • r0 = rcfl – 0,05
    • F’v: SphCL = Sph − 0,25 dpt / CylCL = (-Cyl) + ((rcfl-rcst)*5) / A°CL = óculos A°

Conselhos de adaptação para lentes de contacto permeáveis a gás

Geometria

  • Insira a lente ensaio durante uma duração mínima de 30 minutos. Peça ao paciente para se concentrar no chão para minimizar a sensação do corpo estranho.
  • Avaliação do conforto subjetivo.
  • Sobre-refração
  • Exame á lâmpada de fenda:
  • Avaliação dinâmica com iluminação difusa:
    • Olho na posição primária e pestanejando normalmente.
    • Movimento (velocidade) e posição após piscar e durante os movimentos oculares:
      • Movimento vertical
      • Movimento horizontal
      • Centragem
      • Uma lente bem adaptada estará uniformemente centrada na córnea (±0,5 mm)
      • O movimento deve ser pronunciado, mas não muito grande (1-2 mm)
  • Avaliação estática com fluoroscopia:
    • Avaliação quando o paciente está a olhar para a frente e a lente está centrada na córnea sem impacto das pálpebras na lente: Avaliação da espessura da película lacrimal sob a lente; filme de lágrima < 10μm = não é visível nenhuma floresceina.
      • zona ótica central com padrão de fluoresceína de alineamento
      • zona inter-periférica com pequena quantidade de fluoresceína
      • zona periférica com uma banda de fluoresceína aumentada que será necessária para uma boa troca de filme lacrimal.
Conselhos para Toriflex

O padrão de fluoresceína ideal mostra um pequeno lago fluor no centro e um anel de fluorescência maior na periferia (env. 0,75 mm).
O movimento vertical deve rondar os 1 mm. Em caso de muito movimento, diminua ambas as curvas traseiras centrais (r0fl e r0st) com -0,10 mm. No caso de fluxo baixos aumentar ambas as curvas, traseiras centrais (r0fl e r0st) com +0,10 mm ou no caso da tampa superior estar a empurrar a lente para baixo, aumente o diâmetro total ØT.

No caso de ciclistas altos, diminua o diâmetro total ØT

Apenas para a Toriflex TP:

Em caso de estabilização instavél e/ou de ciclistas altos, aumente o prisma para 2,0 cm/m.

AVISO:o prisma de estabilização induz um prisma ótico. Isto deve ser ajustado em ambos os olhos.

muito fechada

ToriFlex muito fachada

ajuste ideal

Adaptação ideal ToriFlex

muito aberta

ToriFlex muito aberta

Product Video

Rigid Contact Lens Materials

Features

Optimum Infinite

Boston XO

Optimum Comfort

Boston EO

Optimum Classic

Boston ES

Contaperm F2 low

DK Fatt ISO 9913-1

180*/ 135**

100*/75**

65*/49**

58*/44**

26*/19.5**

18*/15**

11*/8**

Manufacturer

Contamac

PolymertechnologyContamacPolymertechnologyContamacPolymertechnology

Contamac

Wettability angle49° (2)6° (3)49° (2)12° (3)52° (2)

19° (2)

Hardness (4)

81

79.979838385.4

83

Refractive index

1.44

1.4151.4371.4291.451.443

1.46

Handling tint

blue red green clear

blue red green lilablue greenblueblue greenblue green

blue green clear

UV

Durability

++

+++++++++++++

+++

Resistance deformation (5)

++

++++++++++++

++

Long term wearing

+++

+++++++++

+

Tear film with lipid

+

++++++++++

++

Tear film with protein

+

++++++++++

++

Wettability

++

++

+++

++

++

+++

+++

* ×10-11 (cm2/sec) [ml 02/(ml × mm Hg)]

** ×10-11 (cm2/sec) [ml 02/(ml × hPa)]

2 Wettability angle = CLMA method

3 Receding contact angle (DCA)

4 Shore D

5 Corneal astigmatism

More information about the product features (Article by Boston Materials)

Default material: Optimum Classic Blue

Garantia de qualidade

Estes materiais estão em conformidade com a norma ISO 10993-1 que define a biocompatibilidade dos materiais.

O processo de fabrico da SwissLens garante esta biocompatibilidade mesmo após o processo de fabrico, em particular sem adição de material polido. This standard is required by the quality assurance system of SwissLens.

Boston Materials

Materiais

Material Training with Martin Conway from Contamac

preloader